Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88
A uro-tomografia e a agonia da urografia excretora - Medplan

Pesquisar no Medplan

Álbuns

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88
13.12.2013 - Confraternização Encaminhamento - Medplan
A turma do encaminhamento Vital, Standard e Master...

Veja Mais álbuns
Rir é o remédio


Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Clique aqui

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Strict Standards: Non-static method Loader::import() should not be called statically in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/loader.php on line 88

Deprecated: Function sql_regcase() is deprecated in /home/medplan/public_html/arquivo.medplan.com.br/conteudo.php on line 35
Imprensa / Atualizações médicas
- ATUALIZAÇÃO MÉDICA

A uro-tomografia e a agonia da urografia excretora

A uro-tomografia por apresentar maior sensibilidade diagnóstica (89% versus 41-64%), tem substituído com grande vantagem a urografia excretora na detecção de tumores parenquimatosos renais, litíases e das lesões do trato urinário

A uro-tomografia é uma aplicação relativamente nova da tomografia computadorizada que surgiu devido as recentes melhoras no "hardware" e "software" dos equipamentos dotados de múltiplos detectores ("CT-multislice").
  A motivação para realizarmos a uro-tomografia é o desejo de criar um único método de imagem que possibilite uma completa avaliação dos rins e do trato urinário, ou seja, que possibilite uma avaliação por inteiro do parênquima renal e do urotélio.
  Por intermédio deste exame obtemos uma melhor avaliação da urolitíase, das massas renais incluindo as pequenas lesões e das lesões da mucosa de todo o trato urinário. Além disto, podemos detectar com precisão a eventual presença de patologias extra-urinárias existentes no abdome ou na pelve. Muito embora não exista ainda uma padronização técnica para a sua realização, os resultados preliminares aliados ao contínuo aperfeiçoamento da técnica, têm permitido o diagnóstico, inclusive, de lesões uroteliais muito pequenas até então de difícil detecção radiológica. Outra vantagem adicional é a possibilidade de realizarmos um adequado estadiamento radiológico das lesões tumorais detectadas.
  A uro-tomografia por apresentar maior sensibilidade diagnóstica (89% versus 43-64%), tem substituído com grande vantagem a urografia excretora na detecção de tumores parenquimatosos renais, litíases e das lesões do trato urinário. Como se sabe, a tomografia convencional das vias urinárias é bastante limitada na detecção dos tumores uroteliais, pois detecta apenas 50-63% dos tumores das vias excretoras e do ureter, falhando frequentemente na detecção das lesões pequenas.
   A uro-tomografia é um exame realizado em três fases distintas: uma fase sem contraste endovenoso (para detectar cálculos, hidronefrose e lesões parenquimatosas); uma fase nefrográfica, 90 segundos após o início da injeção endovenosa do contraste para detectar lesões parenquimatosas) e uma terceira fase, a fase excretora. Esta fase excretora, obtida cerca de 10 minutos após o contraste, é realizada para avaliar toda a extensão do urotélio desde o sistema pielocalicinal até a bexiga. Obtemos também, rotineiramente, imagens reformatadas de alta resolução, bi e tridimensionais (Fig. 1).
   As principais indicações da uro-tomografia são: a) investigação da hematúria macro ou mi-croscópica; b) avaliação da hidronefrose; c) avaliação das fístulas urinárias (Fig. 2), traumatismo renal e derivações urinárias e d) no planejamento da cirurgia conservadora laparoscópica.
   Numa recente revisão de 231 uro-tomografias realizadas no Hospital Vera Cruz, Campinas, São Paulo, em pacientes com hematúria macro ou microscópica foi possível a detecção de 37 tumores uroteliais. Importante observar a distribuição dos tumores no trato urinário e a oferta deste método na detecção dos tumores multifocais (tumores uroteliais sincrônicos) (Quadro 1). Uma análise criteriosa de todas as imagens obtidas no plano axial, utilizando-se para tal uma "janela óssea" é de fundamental importância para a detecção dos pequenos tumores uroteliais do sistema pielocalicinal e do ureter, tumores estes que passavam até então, despercebidos, com o uso da técnica de CT convencional (Fig. 3). A avaliação complementar pela endoscopia virtual tem mostrado utilidade adicional no planejamento da cirurgia endoscópica conservadora dos peque nos tumores uroteliais (Figs. 4 e 5)
   Além das lesões tumorais parenquimatosas e uroteliais, a uro-tomografia é um método excelente para detectar anomalias urinárias congênitas, urolitíase, lesões vasculares e anormalidades e tumores vesicais (Fig. 6). Detecção incidental de tumores hepáticos primários e secundários, metástases lindonodais, dissecção e aneurisma de aorta, tumores adrenais e retroperitoneais, não são infrequentes.
   Não temos dúvida que a urotomografia tem potencial para substituir completamente e com vantagens a urografia excretora. Ultimamente, nós uroradiologistas, temos feito grande esforço no sentido de otimizar os protocolos de exame com o intuito de superar uma das grandes limitações da urotomografia que é em relação a dose de radiação efetiva. Como se sabe a dose de radiação efetiva para a urografia excretora é estimada em 10-12 mSv, enquanto que na uro-tomografia não otimizada é estimada em 11-25 mSv. Ao aperfeiçoarmos o protocolo investigação reduzindo o número de fases, o valor da miliampedragem e a extensão da área a ser exami-nada, podemos reduzir esta dose para os aceitáveis 12-15 mSv. Devemos sempre considerar que ao realizarmos a uro-tomografia estamos na maioria das vezes evitando que o paciente seja submetido a radiação somatória recebida por intermédio da radiografia simples, da urografia excretora e da tomografia computadorizada convencional. Além disto, devemos considerar o custo desnecessário de todos estes procedimentos que serão substituídos pelo custo de apenas um único exame.

 

Fonte: Informativo Application, Ano5 - n°32 - Junho/Julho de 2006
Autor: Dr. Adilson Prando – Chefe do Departamento de Radiologia do Hospital Vera Cruz, Campinas, SP.





Comentários

Enviado por Carlod Selim em 21/09/2013 as 08:24:24
vou fazer o exame hoje e
estou esclarecido quanto aos
objetivos e beneficios do
uro-tac. Carlos
Enviado por eunice em 05/10/2012 as 13:29:09
Muito elucidativa a explicação!Vou me submeter ao processo na próxima semana e foi confortante ler a matéria!Grata.
Veja mais
Fale com o Medplan : (86) 3131-8888 | medplan@medplan.com.br
Novos números: Atendimento 24h: (86) 3131-0700 Informações: (86) 3131-8888
© 2004-2018 | Medplan Assistência Médica| Todos os direitos reservados | Política de Privacidade | Expediente
Estatísticas: 1014359 Acessos